Tudo o que vem à rede é peixe

14
Nov 07
Os investigadores portugueses do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa que descobriram uma forma de impedir a propagação da malária no organismo, podendo abrir caminho à cura da doença, recebem quinta-feira o Prémio CESPU 2007.

A investigação conduziu a uma nova abordagem sobre a forma como o parasita da malária se desenvolve na fase em que está alojado no fígado dos seres humanos, evitando a propagação da doença no organismo.

Esta descoberta, inédita a nível mundial, assume uma especial importância, atendendo a que a malária é uma doença que provoca anualmente cerca de dois milhões de mortes em todo o mundo.

O trabalho, intitulado 'SR-BI plays a dual role in the establishment of malaria liver infection', foi desenvolvido por Maria Manuel Mota, Cristina Dias Rodrigues e Miguel Prudêncio, tendo sido distinguido com o Prémio CESPU (Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário) deste ano.

Em causa está a descoberta de um marcador molecular que permite que o parasita infecte as células, tendo este trabalho de investigação desenvolvido uma abordagem que permite interromper o ciclo de vida do parasita quando ainda se encontra no fígado, impedindo a sua propagação ao resto do organismo.

«Se esta descoberta puder vir a ser colocada em termos de terapia ou de prevenção permitirá que dois milhões de pessoas deixem de morrer todos os anos devido à malária», salientou Vítor Seabra, membro do júri do prémio e coordenador do Gabinete de Investigação e Desenvolvimento da CESPU.

Em declarações à Lusa, Vítor Seabra frisou que os investigadores portugueses «descobriram a influência de uma proteína que bloqueia o processo (de propagação da doença)».

«Quando um ser humano é infectado, o parasita começa por se instalar no fígado e, só depois, invade outros tecidos. A importância desta descoberta é que permite interromper a propagação ainda na fase em que está no fígado», salientou.

Nesta fase, frisou Vítor Seabra, a descoberta dos investigadores portugueses «ainda não tem aplicabilidade clínica, mas pode abrir caminho».

«Se o parasita não conseguir infectar as células hospedeiras hepáticas, consegue-se interromper o processo de infecção na fase inicial, impedindo o alastramento», reafirmou.

O Prémio CESPU 2007, no valor de 30 mil euros, vai ainda distinguir com uma menção honrosa o investigador Mário de Sousa, do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto, pelo trabalho desenvolvido na área da microinjecção intracitoplasmática de espermatozóides.

Elsa Logarinho e Hassan Bousbaa, da Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho, foram também distinguidos com uma menção honrosa pela investigação sobre o papel da proteína Bub3 no controlo da transferência de material genético durante a replicação celular.

Todas as investigações distinguidas com este prémio vão ser publicadas em revistas científicas.

Diário Digital / Lusa

14-11-2007 16:51:00

publicado por RiViPi às 19:00
tags:

Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


comentários recentes
Sou filho de mãe portuguesa e de pai brasileiro te...
Maravilhoso!!! Parabéns pelo artigo. Me ajudou mu...
Caco de Castro Quando a marca Garbin vai voltar???
que vídeo e esse fdp
ne, esse vagabundo n fala nada que presta fdp vf45...
Excelente texto! Por mais que existam rusgas entre...
idiotas vagabundos
Achei muito bom ,muito bem explicado ,legal ,parec...
Pura beleza e força
Interessante, obrigado por partilhar, Luisa
Adorei,Alexandra
Mas vamos deixar esta questão para um futuro próxi...
O que é que acha que lhe faz pensar que ao reduzir...
Parece que o sabão azul e branco já passou à histó...
olá a todos! adorei...mesmo! já agora deixo aqui u...
Do meu ponto de vista não será a forma mais adequa...
Não agradeça. Sobretudo porque este livro não foi ...
foi um artigo que eu gostava. Obrigado por compart...
muito obrigado para o livro. realmente não pensav...
Um comentário interessante ....!
Cara Rosa, lamento que o vídeo não a tenha ajudado...
Boa noite, após muito procurar vim ter aqui nem se...
Gosto especialmente do Tony Amado. O que mais me i...
Kuduro underground . Uma verdadeira relíquia. Mais...
Imagino... Quando estiveres a ouvir as doze badala...
Tenho saudade de Portugal e estas fotos sao tao bo...
Obrigado pelo comentáro.
Muito bom este texto! E engraçado também!
Mais uma vez em cima do acontecimento, embora ache...
Compreendo o seu ponto de vista, TijoloAzul. A Lín...
Na vida nem 8 nem 80. Concordo que o exces...
Obrigado pela correção! Participe sempre!
Por favor, substitua "agricula" por AGRÍCOLA
Alegro-me. Volte sempre e participe.
Enquanto responsável da empresa fico satisfeito pe...
Não tem que agradecer, Ricardo. Quer partilhar a r...
Obrigado pelo post que colocou no seu blog. Felici...
Obrigado pelo teu comentário, Isactamente. Já um p...
Adoro Dulce Pontes!!!!!Em particular, o Amor a Por...
http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contenti...
Obrigado pelo reconhecimento. Quando é que entrega...
Olá!É com todo o gosto que informamo-lo que tem u...
Olhe lá. Quer ensinar o pai a fazer filhos? Ou pag...
Não tenho por hábito responder e, às vezes, aceita...
Também esta citação a Irondino de Aguilar foi toma...
Naturalmente, falta referir que o fragmento referi...
Obrigado pelo seu comentário, Fernanda. Realmente ...
Absolutamente notável este post, sobre um tema que...
E maneiras não existem! Vê lá se te atinas anónimo...
lol Não te iria enganar 6! Tá previsto até um almo...
Posts mais comentados
7 comentários
5 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO