Tudo o que vem à rede é peixe

08
Mar 08
Ministro admite baixar impostos

O ministro das Finanças admitiu ontem que o Governo está a ponderar uma redução dos impostos, com vista a incentivar as despesas dos consumidores e, por esta via, fomentar o crescimento da economia portuguesa.

O ministro das Finanças admitiu ontem que o Governo está a ponderar uma redução dos impostos, com vista a incentivar as despesas dos consumidores e, por esta via, fomentar o crescimento da economia portuguesa.Como o Executivo antecipou num ano a redução do défice orçamental abaixo de três por cento, Teixeira dos Santos afirmou que “estamos a avaliar a situação para determinar quando poderemos baixar impostos”. O PSD já disse que vai pedir um debate em plenário de urgência para aquele governante explicar “a fiabilidade das contas públicas e os critérios para a redução dos impostos”, nas palavras de Patinha Antão, vice--presidente do PSD.

Ao que o CM apurou, o Governo de José Sócrates tem estado a fazer cálculos para apurar o momento em que poderá avançar com uma descida dos impostos. No essencial, o Executivo aguarda que o Instituto Nacional de Estatística (INE) revele o valor do Produto Interno Bruto (PIB) em 2007 e do défice orçamental, para, tendo em conta o comportamento da economia e das despesas do Estado, avaliar qual o momento oportuno para descer os impostos. Por isso, “todos os cenários estão a ser estudados”, garante fonte conhecedora do processo. Em causa estará no horizonte a redução do IVA, que o Executivo aumentou de 19 para 21 por cento em 2005.

Certo é que o ministro das Finanças reafirmou, em entrevista ao ‘The Wall Street Journal’, que “qualquer político estaria disposto a reduzir os impostos”. E, rematou, “estamos a avaliar a situação para determinar quando poderemos baixar os impostos”.

Teixeira dos Santos reconheceu que “a nossa política fiscal restritiva, com o objectivo de reduzir o défice, teve um impacto negativo na economia”. Com esta declaração, o PSD considera que “o ministro corrobora por inteiro tudo o que o PSD disse em 2005 sobre o impacto do aumento da carga fiscal na economia”, afirma o responsável pela área orçamental e de finanças do PSD.

Por isso, o PSD vai pedir a presença de Teixeira dos Santos no Parlamento para explicar a situação orçamental do País. Francisco Louçã, do BE, diz também que, “se o Governo está a avaliar, tem a obrigação de explicitar que contas está a fazer e que cenários está a ponderar”. O CM tentou contactar CDS-PP e PCP mas tal não foi possível.

SAIBA MAIS

- 21% É a taxa de IVA fixada pelo Governo de José Sócrates em 2005, um aumento face aos 19% então praticados. Subida do IVA resultou do facto de haver um défice orçamental de 6,1%.

- 5,7% Foi o aumento dos gastos dos consumidores entre 2005 e 2007, contra 10% nos dois anos anteriores.

DEBATE

No debate sobre o Orçamento do Estado para 2008, Teixeira dos Santos disse que o Governo não poderá “entrar em veleidades” e descer os impostos enquanto o défice orçamental não estiver num “valor próximo do equilíbrio”. E frisou que “o compromisso com Bruxelas é que o défice se situe em 0,4% em 2010”.

António Sérgio Azenha in www.correiodamanha.pt

» Comentários


Sabado, 8 Março


- Zangado

Essa coisa de ser do PS, PSD, PCP, ou o raio que os parta, não é que nem clube de Futebol que eu posso ser sem pagar nada. Para os políticos pagamos e muito. Podem reduzir pela metade que ainda vai sobrar muitos. Fala-se em alimentos caros, mas caro é o governo e essa politicada e seus amigos. Aquele que produz é que se dana. Gastem menos e não vai faltar dinheiro para os alimentos.

- Comentador

Concordo plenamente.Subindo o poder de compra(de todos)dos portugueses,sobe tambem a economia,acho bem!Acho tambem que para o rico,nao deve ser nada agradavel,levar com os"miseraveis"pobres,no supermercado,nas filas,nas bombas de gazolina,etc.etc,ate em casa podem ter um mendigo a tocar a campainha a pedir esmola,portanto,dinheiro no bolso de todos(e nao so de alguns)faz mover a economia,forca!

- carlos almeida
A mascara está começando a cair.Só cai no logro quem quer.

- J. Sobral

Li com muita atenção a entrevista que o ministro Teixeira dos Santos deu ao "WSJ", e penso que já começa a haver um aproveitamento político, pelo PSD. Aquilo que este governo tem vindo a fazer, era o necessário, mas outros não tinham coragem de o fazer. Já fez coisas boas, mas também coisas más, mas se estivessem com grande vontade de renovar o mandato, não faziam as medidas impopulares que fazem.

- Cidadão Contribuinte e Honesto

Já deu para entender que o Sô Pinto e os do Governo andam desnorteados e até às eleições VAI VALER TUDO MESMO TUDO. Onde anda o "corajoso" Sô Pinto que "não governava para ciclos eleitorais" (dizia ele?)? Meteu a viola no saco e eclipsou-se pelo sim pelo não!!

- Ana Gonçalves


Os Socialistas sempre que foram governo, deixaram este pais de tanga, e uma vez mais não fogem à excepção! A preocupação deles é preencher os quadros superiores com amigos, para terem o aparelho na mão, e que se lixe o povo!

- Joaquim Monteiro


Uma vez mais uma promessa, que ninguém acredita, somente porque se aproximam as eleições, depois retiram tudo. O Zé Povinho já não é analfabeto, Sr. Ministro!

- Sara G.


Não temos escolha porquê?? só existem 2 partidos?(PS/PSD)Por causa dessa mentalidade é q não passamos da cepa torta desde o 25 de Abril.E cada vez estamos pior.Sinceramente, há algum partido q fizesse pior do q têm feito estes 2, especialmente o PS? o q é q se perde por experimentar? ...pior do q estamos seria impossível!

- Samyra Saúde


À derrapagem política provocada por "eu quero, posso e mando", uns chamam-lhe "coragem", outros a quem a "besta" muito mal tem feito, chamam-lhe nomes feios, sacrificando-os, ou melhor, crucificando-os, então como agora convém governar para as eleições toca a seduzir, distribuíndo rebuçados e alguns chocolates. Cuidado, está aí o canto da sereia para adormecerem o eleitorado. Lisboa

- José


Primeiro não podia haver baixa de impostos,agora a 1 ano de eleições já se começa a preparar o terreno,será que o Zé ainda não entendeu que logo a seguir ás eleições volta a levar com a ripa!

- Milena


Estamos em 2008, para o ano há eleições.

- L.R.


Eleições á porta,baixam os Impostos.K maravilha, mas mesmo assim não conseguem enganar novamente...Seixal

- P. Alexandre


Pois é pensa em baixar mas não baixa, e além disso depois de tantos anos sem aumentos reais do poder de compra e com carreiras congeladas, vem dizer que vem baixar os impostos. E que tal se os governos não cometessem tantos erros nas obras públicas sobravam milhões não. Portimão

- pl


Olha estão a preparar o cozinhado para as eleições. Povo português não vão na cantiga deste governo e do PS. Já provaram o quanto fazem mal a todos nós...

- silva


pronto, depois de por o pais de rastos la vai o desgoverno enganar o povo outra vez , o portugues alem de burro ainda acredita no pai natal , entregem este pais a espanha , o que precisamos e de uma revoluçao para por esta escoria de ministros na rua .

- Artilio Cabaça


Com eleições à porta,este (des)governo vai tentar,mais uma vez, enganar os portugueses.Para isso,nada melhor do que baixar impostos.É o que vai acontecer em 2009.Acaba a caça ás bruxas,começa a caça ao voto.Esperemos que os portugueses não de deixem enganar,desta vez.

- Crispim Nabiça


Este governo teve tudo o que precisava para desenvolver o país: Teve aquilo que todos os governos pós-revolução queriam mas nunca tiveram; um GOVERNO; um PRESIDENTE; uma MAIORIA. E o que fizeram!- Colocaram o país na desgraça. Agora que as eleições se apróximam vêm com expertezas saloias. Vão levar a mais humilhante derrota da história do PS por culpa deles próprios. Fora com os incompetentes.

- Rui Rlvas


Não é de admirar. As eleições aproximam-se, como tal já se previa que o Governo baixasse os impostos. Por outro lado, com a carga fiscal no nosso País, é normal que haja alguma contenção das pessoas no que respeita a despesas. São as taxas na saúde, são os impostos sibre os ptodutos petrolíferos e é o IVA. Só na saúde, quanto é que o Governo deixou de subsidiar os Hospitais?

- PC


Será que sou o único que acha que o Sócrates é um excelente 1º ministro???Abram os olhos! Nunca o pais teve tanta movimentação!!! Milagres ninguém faz!

- João Serra


É sempre por cima. "No meio está a virtude", acabou.A derrama de IRC para os Concelhos, é sempre pelo máximo, mesmo que o IRC cobrado a empresas em regime simplificado de tributação seja o da colecta mínima. Mesmo com facturação zero, assegurada pelo contabilista, paga-se IRC (quem não pagar, apanha, a empresa e o T.O.C.) e sobre este incide a derrama máxima.É sempre por cima.


 

Fonte: www.correiodamanha.pt


publicado por RiViPi às 15:33
tags:

Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
26
27
28
29

30


comentários recentes
Sou filho de mãe portuguesa e de pai brasileiro te...
Maravilhoso!!! Parabéns pelo artigo. Me ajudou mu...
Caco de Castro Quando a marca Garbin vai voltar???
que vídeo e esse fdp
ne, esse vagabundo n fala nada que presta fdp vf45...
Excelente texto! Por mais que existam rusgas entre...
idiotas vagabundos
Achei muito bom ,muito bem explicado ,legal ,parec...
Pura beleza e força
Interessante, obrigado por partilhar, Luisa
Adorei,Alexandra
Mas vamos deixar esta questão para um futuro próxi...
O que é que acha que lhe faz pensar que ao reduzir...
Parece que o sabão azul e branco já passou à histó...
olá a todos! adorei...mesmo! já agora deixo aqui u...
Do meu ponto de vista não será a forma mais adequa...
Não agradeça. Sobretudo porque este livro não foi ...
foi um artigo que eu gostava. Obrigado por compart...
muito obrigado para o livro. realmente não pensav...
Um comentário interessante ....!
Cara Rosa, lamento que o vídeo não a tenha ajudado...
Boa noite, após muito procurar vim ter aqui nem se...
Gosto especialmente do Tony Amado. O que mais me i...
Kuduro underground . Uma verdadeira relíquia. Mais...
Imagino... Quando estiveres a ouvir as doze badala...
Tenho saudade de Portugal e estas fotos sao tao bo...
Obrigado pelo comentáro.
Muito bom este texto! E engraçado também!
Mais uma vez em cima do acontecimento, embora ache...
Compreendo o seu ponto de vista, TijoloAzul. A Lín...
Na vida nem 8 nem 80. Concordo que o exces...
Obrigado pela correção! Participe sempre!
Por favor, substitua "agricula" por AGRÍCOLA
Alegro-me. Volte sempre e participe.
Enquanto responsável da empresa fico satisfeito pe...
Não tem que agradecer, Ricardo. Quer partilhar a r...
Obrigado pelo post que colocou no seu blog. Felici...
Obrigado pelo teu comentário, Isactamente. Já um p...
Adoro Dulce Pontes!!!!!Em particular, o Amor a Por...
http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contenti...
Obrigado pelo reconhecimento. Quando é que entrega...
Olá!É com todo o gosto que informamo-lo que tem u...
Olhe lá. Quer ensinar o pai a fazer filhos? Ou pag...
Não tenho por hábito responder e, às vezes, aceita...
Também esta citação a Irondino de Aguilar foi toma...
Naturalmente, falta referir que o fragmento referi...
Obrigado pelo seu comentário, Fernanda. Realmente ...
Absolutamente notável este post, sobre um tema que...
E maneiras não existem! Vê lá se te atinas anónimo...
lol Não te iria enganar 6! Tá previsto até um almo...
Posts mais comentados
7 comentários
5 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO