Tudo o que vem à rede é peixe

24
Fev 05
No ciberespaço há espaço para todos. Ao longo dos anos noventa, foi-se tornando cada vez mais fácil conseguir um lugar na rede sem ser preciso perceber grande coisa de informática. O acesso sempre foi livre e, até bem pouco tempo, o único obstáculo à criação de um site pessoal era, para uma grande maioria, o desconhecimento da linguagem HTML – o código que permite a concretização de uma página da Internet. No entanto, na segunda metade de década, o formato blog (diminutivo de weblog) escancarou verdadeiramente as portas a todos os net-analfabetos: o suporte está lá, como uma folha em branco, apenas à espera das palavras ou imagens que qualquer um queira tornar públicas por nenhuma razão em especial. É através das referências entre blogs (através de links) que se criam as comunidades bloggers que, por sua vez, formam a chamada blogosfera. São nomes aparentemente esquisitos para uma simples partilha de experiências, opiniões – seja o que for. Mas a uma escala que começa a ser difícil de calcular.
Em Portugal, este espaço pronto-a-escrever com cariz de diário pouco íntimo aliciou mesmo que já tinha o seu próprio tempo de antena no “mundo real”. José Pacheco Pereira criou o Abrupto (abrupto.blogspot.com); Miguel Esteves Cardoso aproximou-se do formato com o site Pastilhas (pastilhas.blogspot.com); Francisco José Viegas mantém o Aviz (avis.blogspot.com). Houve até jornalistas a fazer guerra política nos seus blogs: de um lado, Pedro Mexia, Pedro Lomba e João Pereira Coutinho com A Coluna Infame (colunainfame.blogspot.com); a do outro, a resposta dos colegas José Mário Silva e Manuel Diniz Silva, com o Blog de Esquerda (blog-de-esquerda.blogspot.com). Aconteceram ainda fenómenos como a passagem de um blog ao formato televisivo – O Gato Fedorento (gatofedorento.blogspot.com) com guionistas das Produções Fictícias Ricardo Araújo Pereira, José Diogo Quintela, Tiago Dores e Miguel Góis. E um outro, que se tornou best-seller – O Meu Pipi (omeupipi.blogspot.com) que, ainda que nunca se tenha confirmado a identidade do autor, foi dado como certo que se tratava de alguma figura conhecida do jornalismo ou da literatura.
Mas a blogosfera portuguesa faz-se também – e sobretudo – dos desabafos, opiniões ou quaisquer devaneios da autoria de desconhecidos (muitas vezes sob pseudónimos), desde a pré-adolescente apaixonada ao merceeiro que é político nas horas vagas. E alguns deles acabam por ganhar notoriedade ou, pelo menos, chegam a gerar cultos consideráveis na blogosfera sem que, no entanto, tenham qualquer expresssão fora dela. Tornam-se personagens interessantes ao transformar o quotidiano em narrativa, tornam-se opinadores respeitados, poetas admirados ou humoristas involuntários. Têm seguidores e até mesmo clube de fãs e, no entanto, poucos conhecem a sua verdadeira identidade. E, de facto, não é isso que interessa. Interessa que são estas estrelas anónimas que ameaçam os media tradicionais, competindo com as suas informativas e formativas, com os seus colunistas, críticos e comentadores e tendo, como trunfo, uma incontrolável liberdade de expressão. Interessa que nascem na blogosfera promissores criativos. E interessa saber porque é que o que eles escrevem nos interessa.



Notícias Magazine 05.Dez.2004
publicado por RiViPi às 08:12

Fevereiro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
25

27
28


comentários recentes
Sou filho de mãe portuguesa e de pai brasileiro te...
Maravilhoso!!! Parabéns pelo artigo. Me ajudou mu...
Caco de Castro Quando a marca Garbin vai voltar???
que vídeo e esse fdp
ne, esse vagabundo n fala nada que presta fdp vf45...
Excelente texto! Por mais que existam rusgas entre...
idiotas vagabundos
Achei muito bom ,muito bem explicado ,legal ,parec...
Pura beleza e força
Interessante, obrigado por partilhar, Luisa
Adorei,Alexandra
Mas vamos deixar esta questão para um futuro próxi...
O que é que acha que lhe faz pensar que ao reduzir...
Parece que o sabão azul e branco já passou à histó...
olá a todos! adorei...mesmo! já agora deixo aqui u...
Do meu ponto de vista não será a forma mais adequa...
Não agradeça. Sobretudo porque este livro não foi ...
foi um artigo que eu gostava. Obrigado por compart...
muito obrigado para o livro. realmente não pensav...
Um comentário interessante ....!
Cara Rosa, lamento que o vídeo não a tenha ajudado...
Boa noite, após muito procurar vim ter aqui nem se...
Gosto especialmente do Tony Amado. O que mais me i...
Kuduro underground . Uma verdadeira relíquia. Mais...
Imagino... Quando estiveres a ouvir as doze badala...
Tenho saudade de Portugal e estas fotos sao tao bo...
Obrigado pelo comentáro.
Muito bom este texto! E engraçado também!
Mais uma vez em cima do acontecimento, embora ache...
Compreendo o seu ponto de vista, TijoloAzul. A Lín...
Na vida nem 8 nem 80. Concordo que o exces...
Obrigado pela correção! Participe sempre!
Por favor, substitua "agricula" por AGRÍCOLA
Alegro-me. Volte sempre e participe.
Enquanto responsável da empresa fico satisfeito pe...
Não tem que agradecer, Ricardo. Quer partilhar a r...
Obrigado pelo post que colocou no seu blog. Felici...
Obrigado pelo teu comentário, Isactamente. Já um p...
Adoro Dulce Pontes!!!!!Em particular, o Amor a Por...
http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contenti...
Obrigado pelo reconhecimento. Quando é que entrega...
Olá!É com todo o gosto que informamo-lo que tem u...
Olhe lá. Quer ensinar o pai a fazer filhos? Ou pag...
Não tenho por hábito responder e, às vezes, aceita...
Também esta citação a Irondino de Aguilar foi toma...
Naturalmente, falta referir que o fragmento referi...
Obrigado pelo seu comentário, Fernanda. Realmente ...
Absolutamente notável este post, sobre um tema que...
E maneiras não existem! Vê lá se te atinas anónimo...
lol Não te iria enganar 6! Tá previsto até um almo...
Posts mais comentados
7 comentários
5 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO