Tudo o que vem à rede é peixe

30
Mai 05

Espomante é a contracção contraditória de esposo com amante. Com efeito, este estado de espírito é utópico porque está em contradição com o estado de realidade dentro do qual ocorre. Para a sociedade de Serrano, em particular, e para a sociedade em geral, existe uma grande diferença entre “marido e mulher” e amante e amante. No primeiro caso, é o amor consentido, o amor burocrata, o amor entre Jerónimo e Maninha. Resume-se todo no amplexo que o sacramento consente e ordena – na produção dos filhos: “Crescei e multiplicai-vos! – “[1]limitando-se a imitar a atitude dos bois, dos cães e dos cavalos”. Os esposos dignos, como Jerónimo (homem de princípios), devem respeitar-se até mesmo no delicioso momento em que os seus corpos se unem num feixe palpitante de carne e nervos. Devem ser comedidos no prazer, reservados na loucura: devem refrear os sentidos, abafar os suspiros… “[2]Beijos não.”. Os esposos não dignos, como Valentim (“[3]homem que vivia com Gremiana desde os treze anos”), gabam-se da “sua virilidade e a pouca serventia da companheira”, mal tratam a mulher, oferecem a vida íntima dos dois aos pais, “[4]irmãos, amigos, inimigos e parentes e os demais companheiros, velhos e novos, escorreitos e desarticulados, sóbrios e bêbados”.

O amor dos amantes, é pelo contrário, livre; livre de todas as peias, de toda a hipocrisia. Não tem que guardar reservas: pode beijar as bocas, os corpos todos… É a liberdade na paixão. A Louca de Serrano explica este estado de espírito nas “[5]cerimónias onde homem não conhecia esposa, e mulher não tinha marido, e os corpos não tinham dono e eram apenas e somente a carga que carregavam sem nome ou marca que denunciasse a origem, a espécie e o destino”.

É por isso mesmo que os esposos que se amam como esposos, se não amam. É por isso que o marido tem amantes… que a sua mulher lhe segue muita vez o exemplo… É por isso que o casamento de Genoveva com Sílvio passou “[6]da vulgar paixão à amizade que sobrou".

Ricardo Afonso Vilela


[1] A Louca de Serrano, Dina Salústio, Autor e Spleen-Edições, página 108.

[2] A Louca de Serrano, Dina Salústio, Autor e Spleen-Edições, página 109 e 110.

[3] A Louca de Serrano, Dina Salústio, Autor e Spleen-Edições, página 64.

[4] A Louca de Serrano, Dina Salústio, Autor e Spleen-Edições, página 65.

[5] A Louca de Serrano, Dina Salústio, Autor e Spleen-Edições, página 23.

[6] A Louca de Serrano, Dina Salústio, Autor e Spleen-Edições, página 185.

publicado por RiViPi às 11:36


Parda Posted by Hello
publicado por RiViPi às 11:30

25
Mai 05

cron�grafo mais fino de sempre Posted by Hello
publicado por RiViPi às 05:22

16
Mai 05

Encontro com Pepetela, dia 18 de Maio (4ª feira) das 12h às 14h na sala 5.2. (sala de mestrado) na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Posted by Hello
publicado por RiViPi às 20:00

11
Mai 05
Quando a tua vida parece um caos e as 24 horas por dia parecem não chegar,
lembra-te do pote de vidro e do café.

Na sala de aula, o professor estava de pé com alguns objectos em cima da
secretária.

Quando a aula começou, ele, calado, pegou num frasco grande de vidro vazio e
começou a enchê-lo com bolas de golfe. Quando não cabiam mais, ele perguntou
aos alunos se achavam que o frasco estava cheio.

Todos responderam que sim.

O professor então pegou num saco de feijões secos e, ao chocalhar o frasco,
estes iam entrando para os buracos vazios entre as bolas de golfe.

Quando não cabiam mais, ele perguntou aos alunos se achavam que o frasco
estava cheio.

Todos responderam que sim.

Neste ponto, o professor despejou um saco de areia para dentro do frasco.

Como é óbvio, a areia ocupou todo o espaço restante do frasco.

Quando não cabiam mais ele perguntou aos alunos se achavam que o frasco
estava cheio.

Todos responderam que sim.

Foi então que o professor agarrou em dois copos de café e os entornou lá
para dentro. Agora sim, não havia mais espaço.

Os alunos desataram a rir!!!

"Agora," disse o professor enquanto as gargalhadas ainda se ouviam, "eu quero
que vocês reconheçam que este frasco representa a organização da vossa
vida".

-"As bolas de golfe são as coisas mais importantes: a família; os filhos; a
saúde; os amigos e tudo o que vos é mais querido, de modo a que se tudo na
vida desaparecesse e só ficassem elas, a vossa vida continuava cheia!"

"Os feijões são as outras coisas importantes da vida: o trabalho; a casa; o
carro;

-"A areia é tudo o resto das coisinhas pequeninas."

Se encherem primeiro o frasco com a areia, já não há espaço para o feijão
nem as bolas de golfe.

O mesmo se passa com a vida.

Se gastarem todo o tempo e a vossa energia com as pequenas coisas nunca vão
ter espaço para as coisas que são verdadeiramente importantes para vocês.

Prestem atenção às coisas que são essenciais à vossa felicidade.

Brinquem com as crianças. Tirem tempo para ir ao médico, talvez fazer um
check-up. Saiam para um jantar romântico. Vai haver sempre tempo para arrumar a casa, para despachar um trabalho que só falta um bocadinho.

Tomem conta das vossas bolas de golfe primeiro, das coisas que têm mesmo
importância.

Tenham prioridades. Para o resto vai sempre haver espaço.

Não encham o vosso frasco primeiro com a areia, pois as bolas de golfe não
vão caber no fim.

Um aluno perguntou: - E o café, o que é ?

- Ainda bem que perguntas. Eu ia agora mesmo dizer-vos.

É que mesmo que sintam que a vossa vida está cheia, há sempre espaço para
beber um café com um amigo.

Para a minha amiga Raquel
publicado por RiViPi às 08:48

10
Mai 05

Como quase todos os monumentos construídos em Bizâncio, esta igreja foi obra da vontade de um imperador absoluto, que nela consolidou a pompa e ritual hieráticos, exaltação da sua majestade suprema. Em Santa Sofia (Hagia Sofia) foram usados métodos e recursos construtivos engenhosos. Para a sua concepção e realização o imperador, homem de grande perspicácia, soube chamar até si os dois estudiosos mais eminentes do seu tempo, Antémio de Tralles, considerado "o príncipe de todos os arquitectos e engenheiros", e Isidoro de Mileto, matemático conhecido pela sua "singular inteligência". Assim conseguiu edificar a igreja mais invulgar de todo o Oriente. Posted by Hello
publicado por RiViPi às 03:43

09
Mai 05

Composição de Cristo no período paleocristão Posted by Hello
publicado por RiViPi às 07:44

04
Mai 05

Bloggers também são vítimas de censura Posted by Hello
publicado por RiViPi às 04:52

02
Mai 05

Revolucionário
“Yo, Valete, o people está a preparar um K.O. definitivo a América.
Vai haver uma concentração clandestina no México, em Guadalajara…e queremos saber se vais ou não?”

Valete
Eu sou Valete, bro, e sempre quis ser regicida
Sacrificar a vida pela maioria oprimida
Sem contrapartida, pela revolução sou suicida
Reserva um bilhete de ida para mim, ‘tou de partida
E vou com anti-americanismo que Mao Tse Tung propagandeara
Com a filantropia com que Platão revolucionara, outrora
Com aquele Marxismo que Trotsky impulsionara
Estou farto da senzala, chao, só me galas em Guadalajara
A minha aversão ao imperialismo não sara
Não quero fama, nem glória, dá-me só uma T-shirt de Che Guevara
Põe-me num 7.4.7, México aqui vou
Viajo lembrando de como a segunda torre se desmoronou
Depois de 15 horas de voo, meu boeing aterrou
Já fora do aeroporto, houve um bro que me identificou

“irmão Valete, eu vim-te buscar para a concentração
Entra no carro só faltas tu para começar a acção”

Chegámos ao ponto rapidamente, assim clandestinamente
Provavelmente eu nunca vira pela frente tanta gente
Era uma cidade subterrânea cheia de dissidentes
Só resistentes e combatentes naquele contingente
Eu vi Sardar, Saramago, Mia Couto e Chomsky
Também vi os mentores do atentado de Nairobi
Nipónicos pa’ vingar Hiroshima e Nagasaki
Fidel Castro, Arafat, Chavez e Khadafi
Activistas do Hamas, Jihad e Hezbollah
Zapatistas, Talibãs e bombistas da Fatah
Todos diferentes mas com um objectivo em comum:
Acabar com esta ditadura que a América implantou
A sede de vingança deixava todo o exército operante
Deram o sinal pa’ nos reunirmos numa sala gigante
Em cima do palanque ‘tava um fulano que elaborava o plano
Com style de saudita ou iraquiano, só queria saber quem é esse mano
Deixava toda a gente focada enquanto ele liderava

(Outro Revolucionário) “Yo Valete é o Bin Laden”
(Valete) “Bin Laden”

Bin Laden
Voz alterada sem barba e com cara totalmente modificada
Eu não o curtia mas ele era o que a América merecia
Radical sem diplomacia, assim como se exigia
Formulou o plano perfeito pá’ revolução que se pretendia
Tínhamos túneis subterrâneos até à cidade de Alexandria
Hackers bloqueavam a informação da NSA e da CIA
Tínhamos M1’s, F 16’s e muita artilharia, eu ria.

Informador
“Informação, informação.
As bases militares americanas em todo o mundo, já estão controladas pelas FARC
Al Qaeda e milhões de civis revoltosos.
O ataque aéreo ao pentágono está previsto para as 3h e 36 m.
Os ataques bombistas serão às 3h e 42 m
A invasão à Casa Branca ficará para 4h e 28m
Já sabem o que têm a fazer!”

Era um batalhão de insubmissos pa’ acabar com aquela arrogância
‘Tava incluído na missão Invasão à Casa Branca
Que seria reforçada pelo movimento black phanter
Garanto qu’América nunca vira tanta encrenca
Fomos pelo túnel a dentro e chegámos em meio-dia
Alexandria tinha como Washington, cidade vizinha
E quando lá cheguei era inenarrável o que eu vira
América já ardia, rendida à nossa investida
Ficaram na defensiva, deixámos tropas sem vida
Éramos só homicidas com ira, topa a chacina
Numa outra ofensiva, edifício da ONU caíra
Largámos bué da mísseis em New York, Carolina
Califórnia, Lusiana, Detroit e Virgínia
Geórgia, Indiana, Illianois, Pensilvânia e Kansas
Ás quatro e um quarto já ‘tava tudo controlado
Nossos soldados já tinham a Rádio a TV e o Pentágono
Passado mais um bocado, Fidel leu o comunicado
“Acabou a Ditadura” podes crer é o golpe de estado.
E à porta da Casa Branca fiquei com Bin Laden a sós
Disse-lhe sem hesitar um coche: Deixa-me liquidar o George
Ele esboçou um sorriso e olhou-me fundo nos olhos
Sentiu segurança na minha voz e passou-me uma Kalashnikov
Era só ódio destruitivo na minha cabeça
Kalash fui exibindo assim a dar paleta
Eu fui o homem escolhido pa’ ditar a sentença
Olha o meu peito erguido pa’ vingar o planeta
Entrei na Casa Branca assim cheio de moral
Nossos snipers iam abatendo a escolta presidencial, eu andava
No piso inferior de corredor em corredor
Abria porta a porta à procura daquele estupor
Vi a porta dos fundos, senti um feeling interior
Abri…até que enfim Sr Ditador
Agora sente o pavor
Vais pagar pela tua merda e pela dos teus antecessores
Isto é pelas vítimas das guerras que vocês fabricaram
(Tiros)


Valete
publicado por RiViPi às 06:22

Maio 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
31


subscrever feeds
arquivos
2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


comentários recentes
Sou filho de mãe portuguesa e de pai brasileiro te...
Maravilhoso!!! Parabéns pelo artigo. Me ajudou mu...
Caco de Castro Quando a marca Garbin vai voltar???
que vídeo e esse fdp
ne, esse vagabundo n fala nada que presta fdp vf45...
Excelente texto! Por mais que existam rusgas entre...
idiotas vagabundos
Achei muito bom ,muito bem explicado ,legal ,parec...
Pura beleza e força
Interessante, obrigado por partilhar, Luisa
Adorei,Alexandra
Mas vamos deixar esta questão para um futuro próxi...
O que é que acha que lhe faz pensar que ao reduzir...
Parece que o sabão azul e branco já passou à histó...
olá a todos! adorei...mesmo! já agora deixo aqui u...
Do meu ponto de vista não será a forma mais adequa...
Não agradeça. Sobretudo porque este livro não foi ...
foi um artigo que eu gostava. Obrigado por compart...
muito obrigado para o livro. realmente não pensav...
Um comentário interessante ....!
Cara Rosa, lamento que o vídeo não a tenha ajudado...
Boa noite, após muito procurar vim ter aqui nem se...
Gosto especialmente do Tony Amado. O que mais me i...
Kuduro underground . Uma verdadeira relíquia. Mais...
Imagino... Quando estiveres a ouvir as doze badala...
Tenho saudade de Portugal e estas fotos sao tao bo...
Obrigado pelo comentáro.
Muito bom este texto! E engraçado também!
Mais uma vez em cima do acontecimento, embora ache...
Compreendo o seu ponto de vista, TijoloAzul. A Lín...
Na vida nem 8 nem 80. Concordo que o exces...
Obrigado pela correção! Participe sempre!
Por favor, substitua "agricula" por AGRÍCOLA
Alegro-me. Volte sempre e participe.
Enquanto responsável da empresa fico satisfeito pe...
Não tem que agradecer, Ricardo. Quer partilhar a r...
Obrigado pelo post que colocou no seu blog. Felici...
Obrigado pelo teu comentário, Isactamente. Já um p...
Adoro Dulce Pontes!!!!!Em particular, o Amor a Por...
http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contenti...
Obrigado pelo reconhecimento. Quando é que entrega...
Olá!É com todo o gosto que informamo-lo que tem u...
Olhe lá. Quer ensinar o pai a fazer filhos? Ou pag...
Não tenho por hábito responder e, às vezes, aceita...
Também esta citação a Irondino de Aguilar foi toma...
Naturalmente, falta referir que o fragmento referi...
Obrigado pelo seu comentário, Fernanda. Realmente ...
Absolutamente notável este post, sobre um tema que...
E maneiras não existem! Vê lá se te atinas anónimo...
lol Não te iria enganar 6! Tá previsto até um almo...
Posts mais comentados
7 comentários
5 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO